Mês: outubro 2018

A tristeza sem tamanho que abrigará a todos nós. Paulo Endo.

A tristeza está entre nós, ela é verdadeira, até esperada e necessária. Muitos já estavam tristes há meses diante da iminência de acontecer o que se concretizou. A tristeza é nossa. Ela é sábia. Nos ensina sobre o que perdemos e lutamos tanto para não perder. Nos informa sobre nossos bens mais preciosos, nossa responsabilidade …

Depoimento do boca a boca – Há poucos dias da votação ainda há tempo, mas não muito mais. Por Paulo Endo

  Prezadas, prezados e caríssimos leitores do PPD Hoje um dos organizadores de nossa plataforma perguntou sobre o futuro do PPD. Outras conversas virão. Isso me chamou a atenção pelas mudanças profundas que poderão suceder e o quanto devemos nos preparar para elas. Como muitos brasileiros tenho falado com pessoas, dado entrevistas, ido a manifestações, …

NOITES DE TERROR EMBALAM SONHOS DE MILHÕES. Iza Maria de Oliveira

Neste momento da história brasileira, mais do que em qualquer outro, se faz necessário percorrer testemunhos do tempo da chamada “ditadura”. No Brasil foi nomeado assim, enquanto em outros países foi dado à devida nomeação: “Crimes de Estado”. Filmes e livros não nos deixam mentir sobre aquela barbárie que volta a nos assombrar. “Pra Frente …

Você não está vendo o que você está vendo. Edson Luiz André de Sousa.

São muitas as imagens de horror que estamos vendo: racismo, violência, intolerância. Pelo que temos visto, não adianta adicionar mais uma imagem à série, na esperança de que o sujeito, diante deste horror, grite um Pare!! Chega!!. Isto não me representa!! Pelo contrário, tenho assistido atônito, justamente o contrário. A cada nova imagem uma reação …

ORGANIZANDO RESISTÊNCIAS

  Prezados leitores do PPD a seguir algumas informações e orientações a partir de postagens anteriores feitas por nós e outras iniciativas que temos tido. A hora é de ação então elencamos algumas delas e se possível todas elas para serem deflagradas “ontem”: 1) Inscreva-se no www.vamosvirar.org Ali receberá informações diárias de como se envolver …

Virgínia Bicudo: a invisibilidade na psicanálise, racismo e as consequências psíquicas para uma psicanalista negra.* Milene Amaral Pereira

Resumo: Este trabalho objetiva trazer reflexões sobre o desinvestimento acadêmico com relação às obras de autoria da socióloga e psicanalista negra Virgínia Bicudo dentro do curso de psicologia. A invisibilidade dada a essa autora principalmente na área da psicanálise, que não é uma área exclusiva da psicologia, mas é um campo muito procurado por psicólogos/as …

Valentões machucam, ferem, ofendem e batem nas ruas, mas seu líder corre de medo dos debates – Editorial Psicanalistas pela Democracia

A estratégia de Bolsonaro e bolsonaristas está clara, óbvia e ululante. Os bolsonaristas e seu líder adoram dizer que vão matar, bater, torturar e machucar pessoas. Já estão fazendo isso por todo o país. Sabem bem exercer a covardia repleta de xingamentos e bravatas da força bruta, sobretudo quando estão em grupo e se deparam …

Aos que pensam em anular o voto – Por Abrão Slavutzky

      Hoje não escrevo ao que já decidiram votar no Coiso. Hoje não escrevo ao que já decidiram votar no Haddad. Hoje desejo escrever só aos que pensam em anular o voto ou estão indecisos. Escuto muito os que estão desiludidos com a política e os políticos. Todos nós passamos por idealizações, começamos …

Um resto que nos u(r)na, um gesto que nos mova. Lisiane Leffa, Marcella Milano, Ana Céris dos Santos, Samantha Medeiros, Itanara Giuliano

Ele tinha um olhar violento. Vi os corpos de duas mulheres diminuírem com a intensidade do seu olhar.  Um décimo de segundo é o tempo que leva para o olho fechar e abrir novamente. A cada piscada involuntária um suspiro precipitado de alívio enchia o peito das duas mulheres. Ele encarava um casal de namoradas …

Cicatrizes na história. Edson Luiz André de Sousa

Enterrar nossos mortos e cuidar de sua memória é um dos atos civilizatórios mais fundamentais da humanidade. O ato de enterrar os corpos é quase tão antigo quanto o próprio ser humano. Nestes rituais, a linguagem tem a função  de cuidar daquilo que escapa à efemeridade da vida. O ritual fúnebre talvez seja a experiência …

A parábola dos cegos. Edson Luiz André de Sousa.

Terminado o primeiro turno desta eleição lembrei imediatamente de uma frase de Shakespeare “Atiramos o passado ao abismo, mas não nos inclinamos para ver se está morto”. A democracia em nosso país está de novo em risco. Circula amplamente pela internet declarações do #elenão quase inacreditáveis. Em muitos países do mundo seria inadmissível um candidato a presidente …

Última oportunidade de Haddad corrigir os erros maiores de seu partido e construir um amplo governo de coalizão anti nazi-fascismo

Não há a menor possibilidade de levantar uma bandeira isolada ou mesmo preponderante do PT no segundo turno. O trabalho de Haddad deve ser o de montar, de forma realmente honesta, um governo de coalizão não apenas com as forças de esquerda, pelas quais já nutre proximidade programática e simpatias mútuas, mas procurar ativamente aproximar …