Textos

Virgínia Bicudo: a invisibilidade na psicanálise, racismo e as consequências psíquicas para uma psicanalista negra.* Milene Amaral Pereira

Resumo: Este trabalho objetiva trazer reflexões sobre o desinvestimento acadêmico com relação às obras de autoria da socióloga e psicanalista negra Virgínia Bicudo dentro do curso de psicologia. A invisibilidade dada a essa autora principalmente na área da psicanálise, que não é uma área exclusiva da psicologia, mas é um campo muito procurado por psicólogos/as …

Sobre(vivência) da violência: os rastros silenciados da ditadura civil-militar brasileira . Gabriela Weber Itaquy e Edson Luiz André de Sousa.

Resumo: A violência de Estado exercida ao longo do período da ditadura civil-militar brasileira deixou como consequência inúmeras marcas e não ditos sociais, além da produção de um trauma individual àqueles que sofreram diretamente com a violência imposta e com o desaparecimento dos seus familiares. Nessa via, ao adentrarmos no campo do traumático, tornou-se essencial …

“O povo é um intruso no Parque do Povo”, Por Paulo Henrique Fernandes Silveira

Quem fizer uma pesquisa na internet à procura de imagens do Parque do Povo, um parque da prefeitura de São Paulo localizado no bairro do Itaim Bibi, uma região nobre de escritórios, comércio e residências da cidade, encontrará fotos de ciclistas, skatistas, corredores, crianças se divertindo nos brinquedos, cachorros correndo pelos gramados, pessoas praticando yoga …

“Antologia do golpe”, 19 cordeis de Hamurábi Batista

Hamurábi Batista, fugindo do discurso tradicional da grande mídia, narra em estilo literário,ao longo de 19 cordéis que formam a coleção “Antologia do golpe”, o contexto político que levou ao golpe de 2016. Dentre os assuntos abordados, encontramos temas como “O Impeachment da Presidenta Dilma Rousseff”, “A Sentença do Triplex”, “O Poder Judiciário, a Mídia …

“Ele não viu que eu estava com a roupa da escola?”, Por Ana Laura Prates

            A pergunta que Marcus Vinícius balbuciou a sua mãe, um pouco antes de morrer sangrando, sem socorro médico, após ser sumariamente executado pelo Estado brasileiro, talvez seja a pergunta essencial de nossa época. E devemos a ele uma reposta. Como, entretanto, podemos respondê-la, sem antes pararmos para analisar a profundidade da tarefa que nos …

“A exceção e a regra: Bolsonaro e o legado da ditadura” Por Janaína de Almeida Teles

Texto publicado no Painel Acadëmico – São Paulo – 25/07/2016 O pedido de impeachment, a tortura e a herança autoritária no Brasil em perspectiva No Brasil, desde o fim dos governos militares, tratava-se de (re)construir a democracia. Muitos diziam que a defesa dos direitos humanos deveria se voltar para a maioria esquecida da população, que …

Formação do psiquiatra: a Psicanálise como forma de resistência à Psiquiatria neoliberal

Revista Lacuna por Fabio Carezzato & Diva Reale Apresentação de objeto: Primeiros passos e a mesa pontiaguda no trajeto A introdução da Psicanálise para médicos residentes tem risco considerável de ser uma experiência traumática. De um lado temos indivíduos ao menos no sétimo ano de formação extenuante na prática médica, vindos de seis anos de …

“Crônicas do Retrocesso: A desconfiguração da Política Nacional de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas”

Por: Leonardo Pinho – Diretor da Abrasme e do Conselho Nacional de Direitos Humanos Na quinta feira, dia 14 de dezembro, na reunião da Comissão Intergestores Tripartite, o Ministério da Saúde em aliança com a Associação Brasileira de Psiquiatria e a Federação das Comunidades Terapêuticas, aprovou a desconfiguração da Política Nacional de Saúde Mental. Colocando …

“Espectro: vejo uma porta vermelha e a quero pintada de preto”

Publicado originalmente em Revista Lacuna [ Spectre: I see a red door and I want it painted black ]* por Ian Parker Tradução | Rodrigo Alencar As tentativas de escapar do pesadelo do stalinismo provocam falsas e fantasiosas alternativas de participação democrática sem expressão ou de liberdade individual. A NSK trabalha através de elementos da …

A obra de arte como espaço (crítico) de ação na era fundamentalista Márcio Seligmann-Silva

Publicado originalmente em Revista Cult em 13 de nov de 2017 * Cena de ‘Morte Súbita’, de Jaime Lauriano (Reprodução)     O século 20, com suas guerras, genocídios e acelerado processo de destruição do planeta, lançou as artes em um campo muito distinto daquele no qual ela até então reinava. Até o século 19, …

“Fanon, Foucault, feminismos: psicoeducação, psicologia teórica e transformação política”

Publicado originalmente em Revista Lacuna [ Fanon, Foucault, feminisms: Psychoeducation, theoretical psychology, and political change ] por Erica Burman Tradução | Hugo Lana Este artigo explora algumas justaposições entre três recursos críticos que informam debates teóricos em psicologia e educação: Fanon, Foucault e feminismos. À medida que o foco é em Fanon, alinhamentos mútuos e …