Especial para Psicanalistas pela Democracia

Oxímoros no poder. Por Rosana de Souza Coelho.

“O desejo do líder é a lei suprema”. Esta fórmula comparecia, nos idos de 1939, em todas as normas oficiais que regulavam as condutas dos membros do Partido Nazista (1). Guindada pelas vicissitudes da História, como um letreiro em verde neon ela cintila, e serve de legenda para imagens indigestas do atual cenário político brasileiro. …

Imagens, Sensações e Simbolização da Morte em Tempos do Novo Coronavírus – Por Flademir Roberto Williges

  O objetivo deste breve escrito é ensaiar uma faceta da racionalidade instrumental moderna que se deslocou e se ampliou à posição de coordenadora de ações sociais graças às novas técnicas comunicativas. Ele tenta responder a uma pergunta específica sobre seu uso: a recepção de conteúdos veiculados pelos meios audiovisuais de massa pode contribuir à …

É isso uma política pública de combate à violência contra mulher? Por Betty Fuks.

Chegam às raias do patético as elucubrações da ministra Damares Silva sobre a violência à mulher. No afã de atribuir à teoria de gênero o ônus da crueldade dirigida ao sexo feminino, Damares revela seu desprezo por toda e qualquer teoria que possa orientá-la na  função ministerial de promover,  entre outras coisas,  políticas públicas de …

Construir paraquedas coloridos? Corona e os sonhos para além do apocalipse e da redenção. Por Márcio Seligmann-Silva.

Construir paraquedas coloridos? Corona e os sonhos para além do apocalipse e da redenção Márcio Seligmann-Silva (UNICAMP)   Vamos aproveitar toda a nossa capacidade crítica e criativa para construir paraquedas coloridos. Vamos pensar no espaço não como um lugar confinado, mas como o cosmos onde a gente pode despencar em paraquedas coloridos. Ailton Krenak, Ideias …

Ontem atendi um paciente. Por Carolina Mousquer Lima.

Ontem atendi um paciente. Ele ligou e pediu um atendimento presencial. Respondi que, em razão da pandemia mundial, eu estava atendendo exclusivamente online. Ele insistiu, dizendo que o corona não era tão perigoso como a mídia estava divulgando. Eu me recusei. Ele cedeu. Chamou atenção seu jeito agressivo de falar: longe de ser gentil ou …

Antígona e o valor dos coveiros. Por Edson Luiz André de Sousa.

ANTIGONA E O VALOR DOS COVEIROS Lembrei  ontem (20/4/20),   de um poema do   Vinicius de Morais do qual destaco os versos abaixo: A hora íntima “…Quem virá despetalar pétalas No meu túmulo de poeta? Quem jogará timidamente Na terra um grão de semente? Quem elevará o olhar covarde Até a estrela da tarde? Quem me dirá …

A luta antes do luto (ou a disputa pela coroa). Por Priscilla Machado de Souza.

A luta antes do luto (ou a disputa pela coroa)[i] Priscilla Machado de Souza[ii]   Defrontar-me com a morte não me é tormento. Tormento seria se deixasse insepulto o morto que procede do ventre de minha mãe. Tuas ameaças não me atormentam. Se agora te pareço louca, pode ser que seja louca aos olhos de …

Incêndios e imolação. Por Edson Luiz André de Sousa.

INCÊNDIOS E IMOLAÇÃO ‘esta é a primeira catástrofe morremos agudos sem dizer nada , nem saudade Manoel Ricardo de Lima (Geografia Aérea)   O BRASIL ENTROU PARA A HISTÓRIA DA HUMANIDADE como um dos quatro países no mundo cujo presidente compõe o grupo dos negacionistas da letalidade do coronavirus. Sabemos bem que estes posicionamentos vão …

Angústia e desamparo. Por Abrão Slavutzky.

Angústia é a reação frente ao perigo. A situação de perigo é percebida, recordada, provocada pelo desamparo. Portanto, a angústia é a reação originária frente ao desamparo. O desamparo primordial ocorre no nascimento, devido à dependência absoluta do bebe ao outro, em geral a mãe. Ao longo da vida ocorrem sentimentos de desamparo de caráter …

Como viver e agir num tempo de desfaçatez e mentiras ou lágrimas de crocodilo não salvarão os mortos. Por Paulo César Endo

  Há no Brasil subnotificações grosseiras tanto sobre os infectados quanto sobre os mortos. Muitos estão sendo enterrados sem diagnóstico e aqueles que tentaram fazer o teste, antes de terem problemas respiratórios graves, não têm conseguido. Então, sem eufemismos, vivemos no país uma mentira em relação ao número de mortos e ao número de infectados. …

Irredutibilidade ética na pandemia: a saúde que não se curva ao mercado. Por Rafael Alves Lima.

Irredutibilidade ética na pandemia: a saúde que não se curva ao mercado   Em tempos de pandemia do COVID-19, assistimos estupefatos a uma disputa insólita entre o Governo Federal e o Ministério da Saúde que nos lembra aquele esporte conhecido como “braço de ferro”. Situação inimaginável em outras circunstâncias, uma vez que a presidência da …

Do Retorno à Barbárie à Renovação do Pacto Necessário à Vida Civilizada – Por Michele Kamers e Heloisa Marcon

  A barbárie que vem se produzindo desde o início do governo de Jair Bolsonaro assume, com a chegada da pandemia do coronavírus, proporções inéditas no curso da História em que a dimensão da Necropolítica é escancarada a olhos nus por um Estado que poderíamos hoje nomear como criminoso. A eleição de Jair Bolsonaro tem …

A Tela e a Outra Cena Ou como Piscar nas Sessões Virtuais de Análise -Tania Rivera

  A quarentena devido à pandemia de Coronavírus está obrigando psicanalistas e analisandos à ampla realização de sessões não-presenciais, expandindo a prática que muitos já conheciam, ao menos em situações pontuais de impedimento destes comparecerem ao consultório – como viagens, mudanças bruscas de cidade ou país, urgências subjetivas ou mesmo doenças orgânicas. Em vez de …

Não é mais estarrecedor. O líder do desgoverno é previsível. Por Paulo Cesar Endo.

Não é mais estarrecedor. O líder do desgoverno é previsível. Age desde o início de seu mandato como prometeu. Ele será sempre o criador de problemas para que os outros encontrem as soluções; o incendiário que dá trabalho aos bombeiros; o propagador de violência e morte para que outros padeçam. Seu discurso incendiário de ontem …

O Haiti é aqui. Por Edson Luiz André De Sousa.

O HAITI É AQUI “ Haiti, Haiti Espero para tocar Minhas mãos se estendem cheias de palavras” Jean Métellus A INDIGNAÇÃO tomando a palavra na voz de nosso haitiano brasileiro, negro, sereno e orgulhoso de seu sotaque crioulo/francês. Nossa voz concentrada em sua garganta , como uma espinha de peixe atravessada. É ele a figura central. …

Chile, janeiro de 2020: Ven-seremos? Por Tania Rivera

Você sai da peça de teatro que é parte do Festival Santiago a Mil e atravessa a barreira de telhas metálicas erguida para tentar proteger o edifício das manifestações dos últimos meses. Quatro rapazes com coletes amarelos detêm os carros da avenida que você cruza enquanto outros dois acenam para que os veículos da rua …