Manifesto do Coletivo Diversitas

Tempos de Barbárie na Cidade de São Paulo

O coletivo Diversitas repudia a ação de desmonte do programa da política de redução de danos da PMSP ao enfrentamento da adição ao Crack. A redução de danos significa estratégia pública que enfrenta a vulnerabilidade social e de saúde. Questões como estas não podem ser enfrentadas  com o aparato policial e nem com o combate aos vulneráveis. Não há nenhuma redução de trafico ou crimes com a prisão de usuários de drogas e nem com o abandono medidas de proteção social.

A barbárie da concentração da vulnerabilidade social e de saúde em uma região da cidade atende interesses moralistas e financeiros. Moralista, pois afasta dos olhos de parte rica da população a miséria e o abandono dos mais pobres. Atende a interesses financeiros, pois deprecia para a compra de incorporadores e depois valoriza área importante da cidade, negando o direito à cidade a sua população.

O Coletivo Diversitas mantém contatos e integra a rede de movimentos sociais, trabalhadores e ativistas que considera a dignidade humana um componente indispensável a políticas de saúde e de segurança públicas. É preciso amplificar a voz dos que são silenciados e desrespeitados em sua dignidade humana.

Somos contrários as investidas truculentas da PM e da Policia Civil na região da Luz. Bem como ao desmonte da política pública de redução de danos e vulnerabilidade social e de direitos na cidade de São Paulo. ”

Coletivo Diversitas