Arquivos da Cidade. Luciana Knijinik e Felipe Diniz

 

Anos de chumbo, Ignes, Carlos, Bona, Lino, Gregório e Antônio viviam no sul. Afirmando suas lutas, resistiram ao terror no vigor da ditadura civil-militar (1964-1985). Cada um, a seu modo, traz na pele restos da prisão, tortura, desaparecimento de amigos e familiares. O filme, Arquivos da Cidade, se ocupa desta história, ainda viva e atual.

Dirigido por Luciana Knijnik e Felipe Diniz – produzido pela Modus Produtora – o documentário narra, na voz dos próprios protagonistas e no que ainda é silêncio. Um plano intensivo de memórias, lacunas, fragmentos da insistência em sustentar modos de existência não submissos aos mandatos vigentes. É também uma interrogação, mantém em suspenso um como conviver com as dores, com as sequelas, com as ausências, com a necessidade de lembrar e o desejo de esquecer.

Luciana Knijnik é psicóloga clínica, membro do Círculo Psicanalítico do Rio Grande do Sul, Doutora em Psicologia (UFRGS) e ativista de direitos humanos.

Felipe Diniz é diretor e produtor de cinema, sócio da Modus Produtora de Imagens e professor do curso de Produção Audiovisual da Uniritter.