Mês: abril 2019

Um canto à liberdade. Por Abrão Slavutzky

               Miguel de Cervantes comeu o pão que o Diabo amassou, pois  morreu com seis dentes. Na verdade, o escritor perdeu bem mais que os dentes, ele perdeu duas vezes a liberdade. Foi preso em Argel e depois em Sevilla, ambas injustamente. Tinha então o autor de Dom Quixote de La Mancha vivência pessoal da prisão para …

Bate-se na história. Por Paula Fontana Fonseca.

            Outro dia me peguei pensando naquele comercial que era famoso nos anos 80 e com o qual todos, de alguma maneira, se identificavam: uma adolescente entrava no elevador apressada, tomando um refrigerante Sukita no canudinho; um senhor bem apessoado num gesto cordial segurava a porta para que a garota não perdesse a viagem e …